shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : 0.00 
Ver Carrinho Check Out

Notícia

Resultado justo num grande jogo de futebol!

Boa entrada do Feirense no jogo, e logo aos 8 minutos criou a primeira ocasião de perigo. Edson desmarcou Etebo que entrou na área e atirou cruzado com a bola a sair a milímetros do poste direito.

Os comandados de Nuno Manta Santos iam controlando o jogo e, aos 19’, Luís Machado, com um remate em chapéu, de muito longe, quase surpreendia Ricardo. O jogo entrou numa toada de equilíbrio e foi preciso esperar pelo minuto 38 minuto para ver nova jogada de perigo, quando Karamanos, na pequena área, obrigou o guarda-redes do Chaves a uma defesa de grande nível. A um minuto do descanso, Bressan, na cobrança de um livre à entrada da área, colocou o Chaves na frente do marcador. Ao intervalo o Feirense perdia por uma bola a zero.

Logo após o reatamento, o Chaves fez o segundo golo. Pedro Tiba desmarcou Fábio Martins no corredor esquerdo e o médio flaviense, após uma grande jogada individual, aumentou a diferença no marcador. O Feirense reagiu – e de que maneira! – primeiro por Edson Farias, que,  com um remate já dentro da área, viu a muralha defensiva do Chaves negar o golo. Não marcou o Feirense neste lance, marcou no seguinte, por Tiago Silva, de grande penalidade, a castigar um derrube de Pedro Queirós sobre Luís Machado dentro da área. Dois minutos depois, Luís Machado fez o segundo golo para o Feirense, com um remate colocadíssimo para o poste mais distante, para enorme alegria do muito público que quase encheu o Marcolino Castro. Três minutos volvidos os fogaceiros quase operavam a reviravolta no marcador, mas o cabeceamento de Karamanos, a emendar um magnifico cruzamento de Luís Machado na esquerda, saiu ao lado. A equipa de Nuno Manta Santos não baixava os braços e insistia na busca pelo golo, e tanto lutou que o conseguiu, aos 81 minutos. Luís Machado arrancou mais um excelente cruzamento, agora no lado direito, e Etebo sem precisar de saltar, atirou de cabeça para o fundo das redes, levando novamente o público à loucura. Até final, a equipa do Feirense limitou-se a gerir o jogo, sempre com muita inteligência, conquistando um magnífico triunfo, num grande jogo de futebol.

Conferência de imprensa
“Penso que a equipa hoje mostrou que quer ficar na 1ª Liga. A perder 2-0, os jogadores acreditaram sempre neles, tiveram uma capacidade de trabalho muito grande e, com a ajuda das 4.600 pessoas que estiveram aqui hoje, os atletas fizeram tudo o que estava ao seu alcance. Mesmo a perder dois zero, nunca estive preocupado porque senti que a equipa estava bem, estava confiante, estava unida. Sabia que íamos marcar golos”.
Nuno Manta Santos, treinador do Feirense

“Tivemos cinco minutos de descontrolo emocional e pagamos caro. A primeira parte foi equilibrada com as duas equipas à procura do golo. A vitória do Feirense é justa porque foi melhor”.
Ricardo Soares, treinador do Chaves

CD Feirense 3×2 GD Chaves

Liga NOS | 26ª jornada
19 Março | Domingo | 16H00
Estádio Marcolino Castro

CD FEIRENSE: Vaná, Barge, Vítor Bruno, Flávio, Paulo Monteiro, Cris, Tiago Silva (Fabinho, 83’), Luís Machado (Luís Aurélio, 89’), Edson Farias (Babanco, 72’), Etebo e Karamanos
SUPLENTES: Peçanha, Babanco, Ricardo Dias, Jean Sony, Luís Aurélio, Fabinho e Tchuameni
TREINADOR: Nuno Manta Santos

GD CHAVES: Ricardo, Carlos Ponck, Bressan (Davidson, 66’), Nuno André Coelho, Tiba, Nélson Lenho, Pedro Queirós, Braga (João Mário, 83’), Fábio Martins, Rafa e Batatinha (Patrão, 66’)
SUPLENTES: António Filipe, João Mário, Patrão, Perdigão, Rodrigo, Davidson e Massaia
TREINADOR: Ricardo Soares

ÁRBITRO: Gonçalo Martins
ASSISTENTES: Álvaro Mesquita e Manuel Freitas
4º ÁRBITRO: Ioan Vasilica

AÇÃO DISCIPLINAR: Cartão amarelo para Pedro Queirós (52’), Fábio Martins (57’), Edson Farias (65’) e Braga (73’)

MARCADORES:
0x1 – Bressan (43’)
0x2 – Fábio Martins (49’)
1×2 – Tiago Silva (54’ g.p.)
2×2 – Luís Machado (56’)
3×2 – Etebo (81’)

Deixar um comentário