shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : 0.00 
Ver Carrinho Check Out

Notícia

Chaves 2 – Feirense 0, Crónica

O Feirense foi derrotado pelo Chaves por duas bolas a zero, em jogo da 31ª jornada da Segunda Liga, disputado no Estádio Municipal de Chaves. João Vieira, aos 42 minutos, e Raphael Guzzo, aos 67′, foram os autores dos golos dos flavienses. Com esta derrota o Feirense baixou para a 12ª posição da classificação, mantendo os mesmos 44 pontos.

O Chaves entrou a todo o gás na partida, jogando a toda a largura do terreno e trocando a bola com rapidez. Logo nos instantes iniciais os flavienses estiveram perto de abrir o marcador, quando Luís Pinto serviu Guzo que não conseguiu a emenda para golo. A equipa de Pedro Miguel não se atemorizou com a pressão inicial imposta pelos transmontanos e rapidamente equilibrou o jogo. Estrategicamente, o Feirense dava a posse de bola ao adversário e saía sempre em contra-ataque, aproveitando a velocidade de Ouattara e Gonçalo Abreu para criar perigo junto à baliza de Stephanovic. A boa organização defensiva dos fogaceiros não permitia grandes veleidades à equipa flaviense, que apenas criava algum perigo em remates de longe. Aos 38 minutos, após uma boa jogada de ataque dos azuis, Gonçalo Abreu rematou com perigo de fora da área, levando a bola a passar perto da barra. Quatro minutos depois o Chaves beneficiou de um livre do lado esquerdo cobrado por Sagna, Stephane Madeira desviou ao primeiro poste, Makaridze faz uma grande defesa mas foi impotente para evitar o remate vitorioso de João Vieira ao segundo poste que só teve de encostar para o fundo das redes. Ao intervalo o Feirense perdia por uma bola a zero.

No início da etapa complementar Pedro Miguel viu-se obrigado a fazer uma alteração forçada, devido a lesão de Micael, lançando no jogo Sérgio Barge. Os fogaceiros, com atitude mais ofensiva, iam jogando com maior frequência no meio campo adversário. Aos 64 minutos o técnico fogaceiro voltou a mexer no xadrez da sua equipa, trocando Rúben Oliveira por Tiago Jogo, tentando virar o resultado que era de todo desfavorável ao Feirense. A estratégia sofreu um revés porque dois minutos depois o Chaves fez o segundo golo, numa excelente jogada entre Luís Pinto e Guzo, Makaridze ainda fez uma primeira defesa mas Guzzo concluiu a jogada rematando para o fundo das redes. O Feirense revelava algumas dificuldades em criar lances de perigo para a baliza à guarda de Stephanovic, via o seu adversário controlar o jogo e, sempre com um futebol mais rápido, causar alguns calafrios para a sua defesa. O tempo ia passando, com os donos do terreno a gerir a posse de bola, mantendo os comandados de Pedro Miguel longe da sua área. Em tempo de compensação, na sequência de um pontapé de canto, Makaridze brilhou ao negar, com mais uma grande defesa, o terceiro golo à equipa do Chaves.

Conferência de imprensa
“Foi um jogo equilibrado e com poucas oportunidades de golo. O Makaridze fez duas boas defesas nos dois golos e que eram perfeitamente evitáveis. Com o segundo golo a equipa quebrou animicamente. Temos obrigação de fazer melhor”.
Pedro Miguel, treinador do Feirense

“Foi um Chaves de qualidade e os jogadores merecem estar a passar por este bom momento. Fomos melhores durante os 90 minutos, com posse de bola e a fazer a melhor exibição desde que aqui estou”.
Carlos Pinto, treinador do Chaves

Segunda Liga
31ª Jornada
Domingo, 01 | 15 horas
Estádio Municipal de Chaves

Chaves 2 – Feirense 0

Chaves: Stefanovic, Sagna, Stéphane Madeira, Miguel Ângelo, João Góis, Siaka Bamba, Patrão (Ericson, 64′), Raphael Guzzo, Arnold, João Vieira (Gustavo Souza, 83′) e Luís Pinto (Hugo Santos, 75′)
Suplentes: Paulo Ribeiro, Ícaro, Hugo Santos, João Vicente, Tarcísio, Gustavo Souza e Ericson
Treinador: Carlos Pinto

Feirense: Makaridze, Micael (Barge, 49′), Tonel, Henrique, Paulo Grilo, Jefferson Santos, Ruben Oliveira (Cafú, 75′), Ouattara (Tiago Jogo, 64′), Fabinho, Luíz Phellype e Gonçalo Abreu
Suplentes: Paiva, Pedro Santos, Hélder Rodrigues, Tiago Jogo, Cafú, Diogo Fonseca e Barge
Treinador: Pedro Miguel

Árbitro: Ricardo Lourenço
Assistentes: Eurico Vilela e Vítor Silva

Ação disciplinar: cartão amarelo para Micael (22′), Patrão (24′), Ruben Oliveira (45′), Siaka Bamba (47′), Henrique (67′), Tonel (73′) e Gonçalo Abreu (87′)

Marcadores: João Vieira, (42′) e Guzzo, (67′)