shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : 0.00 
Ver Carrinho Check Out

Notícia

José Mota: “Temos tudo para estar confiantes!”

“Temos tudo para estar confiantes” são as palavras de José Mota que demonstra optimismo relativamente ao jogo do próximo sábado frente ao Vitória de Setúbal.

Se por um lado, no horizonte do Feirense se encontra um adversário com um vasto percurso na primeira liga, por outro, o confronto histórico entre ambas as equipas revela que o clube de Santa Maria da Feira tem sabido tirar partido nos jogos realizados no Estádio Marcolino Castro.

De quatro jogos realizados na primeira divisão o Feirense conquistou duas vitórias (2×0 na época de 1977/78 e 1×0 em 2011/12), um empate (0x0 em 89/90) e uma derrota (0x2 em 62/63).

Curiosamente no último encontro entre ambas as equipas, decorria a época de 2011/12, o treinador do Vitória de Setúbal era o atual líder da equipa fogaceira José Mota.

Em antevisão da 8ª jornada da Liga NOS, o nosso treinador refere que apesar do Setúbal ser “um clube com uma presença muito assídua no escalão principal do futebol português”, o plantel do Feirense está moralizado por chegar a este jogo com duas vitórias consecutivas na bagagem: “Durante a semana, este grupo tem demonstrado confiança para este jogo ao trabalharem muitíssimo bem. Os meus atletas sabem a responsabilidade que este jogo acarreta. É um adversário da nossa dimensão, um adversário com bons jogadores, que tem “pergaminhos” no futebol português. Mas jogamos em nossa casa. Temos de ser mais concentrados, mais decididos e mais organizados para não sofrer golos e conseguir levar de vencida este jogo. Após dois resultados positivos a equipa está animada. São vitórias que nos fazem acreditar que temos trabalhado bem e que estamos imbuídos pela dinâmica de vitória. Depois da derrota na Luz, a equipa reagiu muito bem ao conseguir duas vitórias consecutivas às quais queremos dar continuidade.”

Sobre o adversário
“Vamos encontrar um adversário com experiência e com ambição, que vai tornar o nosso trabalho muito difícil por ser um clube com uma presença muito assídua no escalão principal do futebol português, o Vitória de Setúbal é um grupo muito forte que tem jogadores muito rápidos em termos individuais, principalmente no ataque, e temos de estar precavidos para este tipo de situações. Não espero, nem mais nem menos, aquilo que esperava dos outros adversários que vieram a nossa casa. O Setúbal vai tentar tirar partido dos nossos erros e cabe-nos a nós colmatar isso. Temos de entender a força do Vitória de Setúbal e os seus pontos fracos, para conseguir o objetivo principal que é ganhar. Estes é que são os jogos que valem mais do que três pontos. Vencer, irá dar-nos conforto em termos pontuais e também nos dará mais confiança para o grupo perceber até onde pode chegar.”

 Sobre a pausa no campeonato
“O Feirense não quis que houvesse paragem para o plantel precisamente para não quebrar o ritmo dos atletas. Conseguimos conciliar esta paragem com os dois jogos – Taça da Liga e Taça de Portugal – mantendo assim os jogadores focados no objetivo. Nesta época, este será o jogo em que poderei ter mais alternativas e mais soluções para a convocatória. Com a recuperação de alguns atletas quem ganha é o Feirense, porque existe mais competitividade e mais escolha, o que nos dá a vantagem de podermos decidir quem entra em campo em função de cada jogo. Quantos mais jogadores estiverem disponíveis mais fortes nos podemos tornar. O Feirense não é inferior a ninguém e ao trabalharmos desta maneira temos tudo para ser mais fortes, principalmente tendo mais opções no plantel que até à data não puderam dar o seu contributo. Queremos alcançar a estabilidade que é fundamental para qualquer equipa. Se os resultados forem de acordo à forma de trabalho que temos exercido ao longo destes meses, acredito piamente que vamos conseguir a estabilidade de resultados que tanto procuramos.“

Neste jogo, a equipa de arbitragem será constituída por João Capela como árbitro principal, Ricardo Santos e Tiago Rocha como assistentes e João Malheiro Pinto como quatro árbitro.