shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : 0.00 
Ver Carrinho Check Out

Notícia

Saber sofrer para vencer!

A primeira parte ficou marcada pela enorme capacidade de luta da equipa Feirense, que, com grande espírito de sacrifício, uniu-se para travar a maior pressão que a equipa do Tondela exercia sobre o retângulo de jogo. Vaná, aos 10’ e 17 minutos, foi chamado a intervir. No primeiro lance, mostrou grandes reflexos para segurar um remate à “queima-roupa” de Pedro Nuno e pouco depois desviou um tiro de meia distância do número 17 tondelense. Jhon Murilo teve nos pés a grande oportunidade do primeiro tempo, quando apareceu solto na área, mas o remate saiu ao lado. O Feirense não se limitava a defender e à entrada para a meia hora de jogo chegou com perigo à área contrária. Após uma jogada de ataque bem desenhada, Fabinho cruzou para o cabeceamento de Karamanos que Cláudio Ramos desviou sobre a barra. O intervalo chegou com o nulo a permanecer no marcador.

O Feirense regressou dos balneários com atitude mais ofensiva, numa clara demonstração que queria discutir os três pontos em disputa. O primeiro sinal de perigo, na etapa complementar, pertenceu ao Tondela, por Miguel Cardoso, que surgiu na área a rematar forte mas sobre a barra. A equipa de Nuno Manta tapava bem os caminhos para a sua baliza, explorando as transições rápidas e foi dessa forma que esteve muito perto do golo, mas a tentativa de chapéu de Tiago Silva morreu nas mãos de Cláudio Ramos. Karamanos, aos 80’, imitou o seu colega de equipa, mas a bola saiu ligeiramente sobre a barra. Apenas dois minutos depois, Tiago Silva foi derrubado por Rafael Amorim dentro da área, com o árbitro Tiago Martins a assinalar grande penalidade favorável ao Feirense que o mesmo Tiago Silva, com muita classe, se encarregou de transformar no golo da vitória fogaceira. Aos 90 minutos, após uma falta sancionada contra o Feirense, o central Flávio Ramos viu cartão vermelho direto, deixando a equipa reduzida a dez elementos. Nos minutos finais, a equipa de Nuno Manta soube gerir o jogo com muita inteligência e segurou, com “unhas e dentes“, uma importantíssima vitória que vale, claramente, seis pontos.


Conferência de imprensa
“O Tondela na primeira parte criou-nos muitas dificuldades e por isso era muito importante chegar ao intervalo com um resultado positivo. Não foram só as alterações a partir do banco que resultaram, mas sim o trabalho de toda a semana que resultou. Somos mais equipa e estamos empenhados em garantir o objetivo que é a permanência”, Nuno Manta Santos, treinador do CD Feirense.

“A primeira parte foi muito positiva da nossa parte, foi muito boa e tivemos várias oportunidades para marcar. Na segunda parte houve mérito do Feirense, que cresceu, mas também houve alguma ansiedade da nossa parte. A grande penalidade deixou-nos sem tempo para reagir”, Pepa, treinador do CD Tondela.


Liga NOS | 21ª Jornada
CD Tondela 0x1 CD Feirense
11 Fevereiro | 11H45 | Estádio Municipal João Cardoso

CD TONDELA: Cláudio Ramos, Kaká, Jailson, Ruca, Rafael Amorim (Lystcov, 83’), Claude Gonçalves, Hélder Tavares, Pedro Nuno (Dylan, 64’), Miguel Cardoso, Jhon Murilo e Heliardo (Batista, 64’)
SUPLENTES: Janota, Pica, Dylan, Lystcov, Pité, David e Batista
TREINADOR: Pepa

CD FEIRENSE: Vaná, Barge, Vítor Bruno, Luís Rocha, Flávio, Cris (Hugo Seco, 69’), Ricardo Dias, Luís Aurélio, Fabinho (Tiago Silva, 72’), Luís Machado (Babanco, 88’) e Karamanos
SUPLENTES: Peçanha, Ícaro, Jean Sony, Babanco, Tiago Silva, Hugo Seco e Wellington
TREINADOR: Nuno Manta Santos

ÁRBITRO: Tiago Martins (AF Lisboa)
ASSISTENTES: André Campos e Tiago Costa
4º ÁRBITRO: Bruno Vieira

AÇÃO DISCIPLINAR: Cartão amarelo para Vítor Bruno (20’), Jailson (36’), Barge (46’), Claude Gonçalves (54’), Rafael Amorim (81’) e Tiago Silva (90’). Cartão vermelho direto para Flávio (89’)

MARCADORES:
0x1 – Tiago Silva (82’ g.p.)