shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : 0.00 
Ver Carrinho Check Out

Notícia

UM PONTO CONQUISTADO NO MEIO DO NEVOEIRO

O Feirense deu mais um passo importante rumo à manutenção na Liga NOS, ao conquistar um precioso ponto no terreno do Nacional da Madeira, após uma igualdade sem golos que permite aos fogaceiros manterem os dez pontos de avanço para a zona de descida.

O Feirense entrou melhor no jogo, mais pressionante, jogando mais no meio campo adversário. O Nacional foi, aos poucos, tomando conta das operações, e criou algumas situações de maior apuro para a baliza fogaceira. Vaná foi chamado a intervir aos 14 e 23 minutos, a parar remates de Aristiguieta e Ricardo Gomes. Pelo meio, o ponta de lança venezuelano ainda assustou a defesa Feirense com um remate perigoso que passou muito perto do poste. Os comandados de Nuno Manta não se limitavam a defender e a dois minutos do descanso criou a primeira grande ocasião de golo, mas o remate de Karamanos parou nas mãos de Adriano. O último lance de perigo no primeiro tempo pertenceu ao Nacional, num livre frontal cobrado por Sequeira que acertou em cheio na barra.

O recomeço mostrou um Feirense mais seguro, com mais controlo no meio campo, anulando logo aí grande parte das intenções do adversário que, cada vez mais, recorria ao futebol direto para chegar à área contrária. Luís Aurélio, com um cruzamento/remate, quase surpreendia o guardião nacionalista logo nos instantes iniciais da etapa complementar. O nevoeiro foi uma constante na segunda parte, dificultando a tarefa às duas equipas, e talvez por isso a qualidade do jogo baixou. O Nacional, com pendor mais ofensivo, sentia grandes dificuldades para criar desequilíbrios no sector mais recuado dos fogaceiros e o melhor que conseguiu no segundo tempo foi um remate de Zizo que saiu a escassos milímetros do poste esquerdo. O Feirense esteve muito perto da vitória nos instantes finais do encontro por Karamanos e Luís Aurélio, mas o guarda-redes Adriano, com duas excelentes defesas, negou a possibilidade ao Feirense de sair da Choupana com os três pontos na bagagem.

Conferência de imprensa
“Foi mais um ponto importante a juntar aos que já temos. Na primeira parte o Nacional teve alguns lances de finalização junto à nossa baliza, mas a nossa equipa esteve concentrada e fomos eficazes a defender. O Nacional, na primeira parte, podia ter chegado ao golo, mas o Feirense também podia ter feito na parte final do jogo. Foi uma partida emotiva”.
Nuno Manta Santos, treinador do Feirense

“O importante neste jogo é que somámos mais um ponto e só dependemos de nós para sair desta situação complicada. A nossa 1.ª parte foi muito boa. Da segunda parte é difícil falar, não estivemos tão bem, não sei porquê”.
Predrag Jokanović, treinador do Nacional

CD Nacional 0x0 CD Feirense

Liga NOS | 23ª Jornada
26 Fevereiro | Domingo | 16H00
Estádio da Madeira

CD NACIONAL: Adriano, César, Tobias Figueiredo, Sequeira, Washington, Filipe Gonçalves, Zequinha (Zizo, 76’), Willyan (Hamzaoui, 60’), Ricardo Gomes (Salvador Agra, 60’), Nuno Campos e Aristiguieta
SUPLENTES: Vítor São Bento, Salvador Agra, Hamzaoui, Tiago Rodrigues, Cadiz, Jota e Zizo
TREINADOR: Predrag Jokanović

CD FEIRENSE: Vaná, Ícaro, Luís Rocha, Jean Sony, Vítor Bruno, Cris, Luís Aurélio, Tiago Silva (Babanco, 69’), Luís Machado (Hugo Seco, 78’), Etebo (Paulo Monteiro, 88’) e Karamanos
SUPLENTES: Peçanha, Paulo Monteiro, Babanco, Barge, Fabinho, Hugo Seco e Edson Farias
TREINADOR: Nuno Manta Santos

ÁRBITRO: Manuel Mota (AF Braga)
ASSISTENTES: Paulo Vieira e Jorge Fernandes
4º ÁRBITRO: Rui Oliveira

AÇÃO DISCIPLINAR: cartão amarelo para Luís Rocha (25’), Tiago Silva (48’), Luís Aurélio (65’), Nuno Campos (66’), Aristiguieta (77’) e Sequeira (85’)