shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : 0.00 
Ver Carrinho Check Out

Notícia

Ineficácia (e não só..) trama sub-18

A equipa sub-18 do Feirense recebeu o Fiães, em mais uma partida do Campeonato Distrital de Juniores de Aveiro, e foi derrotada por 2-3, num resultado, diga-se, surpreendente.

O Feirense entrou mal na partida, ao invés da equipa forasteira, que desde cedo mostrou enorme  atitude e chegou à vantagem de forma justa, à passagem do primeiro quarto de hora.

O Feirense reagiu, mas sentiu muitas dificuldades perante uma equipa muito agressiva e um trio de arbitragem demasiado benevolente, que deixou a equipa do Fiães “usar e abusar” de muitas faltas cometidas.

Com alguma sorte, João Santos aproveitou um ressalto dentro da área e restabeleceu a igualdade que até final da primeira parte podia ter sido desfeita. Caetano por duas vezes e Gadelho, estiveram perto de “virar” o resultado.

Na segunda parte a equipa da casa mostrou mais qualidade e o futebol a que tem habituado quem a acompanha, mas foi o Fiães a adiantar-se de novo no marcador após boa jogada de contra-ataque. O Feirense teve uma reação fantástica, com inúmeras oportunidades para fazer mais que um golo, mas a bola teimava em não entrar.

Os últimos cinco minutos foram impróprios para cardíacos. João Santos fez o golo do empate, mais que justo, à passagem dos 88 minutos. Um minuto depois, Ibeh entrou dentro de área, foi rasteirado mas.. o árbitro mandou jogar.

Nem isso fez esmorecer a atitude dos jovens Feirenses. Já em tempo de compensação, por duas vezes o terceiro golo não entra de forma milagrosa. Duas excelentes oportunidades de Gadelho, a primeira defendida pelo guarda redes adversário e a segunda defendida pela cabeça de um adversário quando já toda a gente festejava.

No lance seguinte, Rui Miguel procurava sair a jogar e tentar o último lance de ataque quando é travado pelo braço (que lhe atinge a cara) de um adversário que recupera a bola e faz o 2-3 final. O árbitro, mais uma vez, mandou jogar.

Um excelente jogo, de grande emoção, e em que ambas as equipas mostraram muita qualidade, à exceção do trio de arbitragem, que prejudicou de forma clara e influente o CD Feirense.

Pelo CD Feirense alinharam:

Sérgio, Fontes, Gustavo, Jorge, Couto (Dylan 35′), Rui Miguel, Madger (Vitinha 75′), Freixinho (Iben 45′), Gadelho, Caetano e João Santos.