shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : 0.00 
Ver Carrinho Check Out

Notícia

“PREPARAMOS A EQUIPA PARA A VITÓRIA”

O CD Feirense – Futebol, SAD recebe, amanhã, o FC Porto. Filipe Martins já fez a antevisão da jornada 25.

EXPETATIVAS JOGO COM FC PORTO
“Preparámos a equipa para a vitória. A aplicação dos jogadores tem sido extraordinária. Não temos conseguido pôr em prática tudo o que treinamos nem temos tido a tranquilidade para o fazer face às vicissitudes dos jogos. Desde o primeiro dia, temos passado uma mensagem de confiança. Acreditamos no trabalho que fazemos. Queremos errar o menos possível e vamos com o objetivo de somar três pontos porque não sabemos trabalhar de outra forma. Se transportarmos para dentro de campo a estratégia e o empenho que temos nos treinos, e se conseguirmos entrar no jogo o que não tem sido possível porque sofremos golos muito cedo, temos hipóteses de discutir o jogo. Queremos repetir o que de bom fizemos na 1.ª parte com o Sporting CP e na 2.ª com o Moreirense FC. Não esperem um CD Feirense de autocarro em frente à baliza do FC Porto. Vamos tentar impor a nossa ideia de jogo.”

LUTA PELA PERMANÊNCIA
“Somos muito bem pagos para fazer o que mais gostamos. O estado anímico não é o melhor, mas só temos um caminho para o inverter que é continuar a trabalhar e saber da responsabilidade que temos entre mãos. Temos de valorizar o símbolo que defendemos. Ainda não conseguimos a estabilidade emocional para conseguir transportar para dentro de campo as ideias que temos trabalhado. Em futebol não há milagres. Temos de ser competentes e quase perfeitos até ao final do campeonato. Se ficarmos na Liga é pela competência e não por milagre. Os jogadores precisam de um ‘click’ emocional.”

ANÁLISE FC PORTO
“A pressão existe em todo o lado. O FC Porto não está fragilizado, ainda para mais depois da resposta que deu contra a AS Roma. Queremos retardar o golo do FC Porto e até sair na frente do marcador. Não há super-homens. Podemos acentuar o cansaço do FC Porto depois do jogo super desgastante que tiveram. Cabe-nos fazer com que esse cansaço e a pressão venha ao de cima. Queremos ter uma entrada forte no jogo. Temos de entrar determinados e com a lição bem estudada.”

Deixar um comentário